2° Desafio Chiador de MTB

O município de Chiador está localizado na zona da mata mineira e privilegiado com suas belas montanhas, segundo lar dos apaixonados por MTB, rodeado por montanhas, matas e cachoeiras, o pequeno município pacato vive em paz e com qualidade de vida, fazendo divisa com o Estado do Rio à apenas 13 km, divisa com a cidade fluminense Três Rios, cidade de fácil acesso, pavimentada com asfalto.

O 2° Desafio Chiador de MTB tem o intuito de promover o esporte, o lazer, a saúde, o bem estar social, o respeito ao meio ambiente e a ação social.

O 2° Desafio Chiador d MTB, vai ter seu trajeto todo na área rural de Chiador, passando pelas estradas de chão dentro do município, mostrando sítios, fazendas, cachoeiras, represa de furnas, muito contato com a natureza em meio as montanhas que o município tem o privilegio de ser localizado. (O trajeto vai ser postado no evento com a imagem do percurso, quilometragem, altimetria e etc.)

O 2° Desafio vai ser realizado no dia 30/07/17 (Domingo) largada às 09:00 horas, (lembrando que o chegada dos participantes mais cedo é essencial para dar tempo de fazer a inscrição). A largada e a chegada será na Praça Central de Chiador.

A inscrição para o desafio vai ser local no dia do evento, sendo que a inscrição será grátis levando “2KG de alimentos não perecíveis”, o participante inscrito terá direito a café da manhã antes da largada, e no termino à uma barra de cereal e hidrotônico. Ao final da prova será sorteado brindes aos participantes, e os primeiros 100 inscirtos ganharão uma medalha de participação do evento, e os 20 primeiros colocados ganharão um troféu, sendo que dos 20, 10 serão destinados aos homens e 10 as mulheres.

O evento contará com pontos de apoio aos ciclistas, sorteio de brindes, medalha de participação. Leve sua família, convide crianças para prestigiar o evento (com idade máxima de 12 anos).

OBS: Pensando na ação social, todo o alimento arrecadado nas inscrições será doado a uma instituição de caridade. Venha fazer parte desse evento BACANA.

O 2° Desafio Chiador de MTB vai ser TOP!!!

 

Realização: Prefeitura Municipal de Chiador – MG.

Coorganizadores: Pedro Marreta, Jardel e Suellen.

#VEMPRACHIADOR

LAGO DE FURNAS

A área de lazer do Lago de Furnas está localizado em Chiador Estação, Distrito de Chiador – Minas Gerais, onde possui deck, parque infantil, área coberta e muita arborização.
O Lago é muito procurado pelos amantes de esportes náuticos e da natureza.

Foto: Suellen Camões

© 2016 #vemprachiador por Ariane Guadelupe.

Morro do Cruzeiro

O Morro do Cruzeiro possui 501 metros de altitude e com uma enorme cruz moldada em cimento. Ao final do Morro do Cruzeiro, onde está fixada esta enorme cruz, é possível ter uma bela vista da cidade e dos arredores, como também realizar trekking em parte de mata fechada.

Foto: Ariane Guadelupe

© 2016 #vemprachiador por Ariane Guadelupe.

Na divisa Rio-Minas, moradores de 41 cidades têm o melhor de dois mundos – Chiador

RIO – Às margens de uma estrada estreita, na zona rural do município mineiro de Chiador, com apenas 2.785 habitantes, o muro de uma casa chama a atenção de quem passa: cuidadosamente esculpido, há o escudo do Clube de Regatas do Flamengo, acompanhado da palavra amor. A cena exemplifica bem o que é um território com 513 quilômetros de extensão e 41 cidades, que separa os estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro. Se do lado de lá os nossos times de futebol são quase uma unanimidade, do lado de cá é possível ouvir, por exemplo, um sotaque bem mais para o mineiro do que para o carioca. Não é à toa que, para muitos, os municípios da maior área da divisa fluminense ganharam um apelido carinhoso: são as cidades “mineirocas”.

— Somos mineiros, mas meu marido sempre foi apaixonado pelo Flamengo. É fanático e tem o sonho de um dia ir ao Maracanã — conta Lúcia Reis, mulher de Jorge Luiz Raize, que há cerca de 15 anos esculpiu o escudo do clube do coração no muro.

Mesmo longe, Juiz de Fora tem fortes laços com o Rio, principalmente por causa da diversão.
Além Paraíba, em Minas, para duas vezes por dia para passagem de vagões
VÍDEO O trem que cruza o Além Paraíba
Dados da Fundação Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio (Fundação Ceperj) mostram que a divisa Rio-Minas possui 17 municípios do lado fluminense, com uma população total de 626.836 habitantes. Há desde a pequena Laje do Muriaé (7.487 habitantes) até Resende (119.769). Já em Minas são 24 cidades, com um total de 153.557 moradores. Apenas uma delas (Além Paraíba) tem mais do que 15 mil habitantes. Não à toa, quem vive nessas pequenas localidades acaba se desdobrando entre os dois estados. É o caso da professora Maria das Graças Nascimento Silva, mineira e moradora de Chiador com orgulho. Mas que exibe no endereço da sua correspondência outro município: Sapucaia, cidade de 17.525 habitantes no Rio de Janeiro.

— Eu moro em Chiador, mas numa casa que é uma área de invasão, às margens do rio (Paraíba do Sul). Se desse meu endereço mesmo, não ia receber uma carta. Então, recebo a correspondência no correio de Sapucaia — diz Maria.

Rio, dinheiro. Minas, sossego

A professora ainda se divide no trabalho entre as duas cidades: de manhã, é alfabetizadora numa escola municipal em Chiador; à noite, dá aula na rede estadual do Rio, em Sapucaia. Para ir e voltar, cruza a pé a já castigada ponte, construída na década de 1960. E a cena de Maria se repete ao longo da divisa: um dos pontos mais movimentados está na interseção de Santo Antônio de Pádua (RJ), cidade com 40.589 habitantes, e Pirapetinga (MG), com 10.364. A carioca de São Cristóvão Ana Paula Miranda Moura, moradora de Pirapetinga, define bem o que atrai em cada lado:

— Há quatro anos, saí do Rio para vir morar em Pirapetinga. Resolvi ficar do lado de Minas porque é mais tranquilo. Mas em compensação, financeiramente, Pádua é melhor: pagam R$ 70 numa faxina lá, enquanto aqui é R$ 30. Resumindo: fazer dinheiro é no Rio, paz e sossego são em Minas.

Na região de divisa, são constantes os relatos de moradores de Minas que estão passando para o lado fluminense. Contas mais baratas de energia, impostos menores e benefícios como o transporte gratuito de ônibus para os filhos estão entre os principais atrativos. Dono de uma pousada chamada Rio-Minas, exatamente na região da divisa em Pirapetinga, Walber Luz diz que só não se mudou porque é mineiro de coração:

— Só saio daqui para o cemitério. Mas no Rio está tudo mais barato: luz, água… Está todo mundo se mudando para lá.

Se vão para o Rio muitas vezes atrás de benefícios, os mineiros ainda têm alguns temores em relação ao lado fluminense. Um dos maiores parece ser a Polícia Militar: são constantes os relatos de queixas em relação aos “azuizinhos”, a PM do Rio.

— Se você está errado e é parado em Minas, o policial vai te levar para a cadeia se preciso. Já no Rio, é ver qual o jeitinho que eles vão querer dar — diz um morador de Além Paraíba, sem se identificar.

Em busca da calmaria mineira, é possível encontrar quem trocou o Rio até pela pequena cidade de Chiador. Alcides Cezar Gonçalves, de 67 anos, conta que nasceu em Nova Iguaçu, mas se mudou muito cedo para o município da divisa, onde possui algumas terras. Aos 18 anos, passou um período de novo na Baixada, mas não aguentou muito tempo e voltou para Chiador:

— A gente está num lugar tranquilo, mas perto do Rio. São 148 quilômetros de Nova Iguaçu. Quando os amigos vêm, eu tenho que correr para acender o fogo da churrasqueira — brinca Alcides, que, apesar de morar em Minas, tem plano de saúde do Rio e faz suas consultas médicas em Itaperuna.

João Vicente Ferraz, geógrafo da Fundação Ceperj, lembra que a relação entre as cidades é tão grande na divisa, que chega a criar confusão:

— Existe, por exemplo, a região de Maringá, que muitos chamam Maringá do Rio e Maringá de Minas. Na verdade, de um lado é Itatiaia (RJ) e do outro é Bocaina de Minas.

Veja tambem o video :

http://oglobo.globo.com/videos/t/todos-os-videos/v/catalogo/3384753/

Fonte : Jornal o Globo

 

Foto: Ariane Guadelupe

© 2017 #vemprachiador.

26º CAVALGADA SÓ O AMOR CONSTRÓI

 A 26ª edição da tradicional “Cavalgada só o Amor Constrói” será realizada nos dias (20 e 21) de agosto de 2016, um animado show de abertura irá ocorrer no 20 com Haron Azevedo e Banda às 21 horas, no Clube Santa Cruz Esportivo em Chiador – Minas Gerais.
No dia 21 acontecerá a tão esperada, maior e melhor cavalgada da região e promete reunir um grande público como foi em 2015. Seja a cavalo, de charrete e carro, o evento reúne cavaleiros da cidade e região, e quem irá fazer a animação durante todo o percurso, será nada mais nada menos do que o Ricardo Som, Tim e Cláudio Quereco.
A cavalgada sairá da Praça Antônio Joaquim da Costa no município de Chiador, percorrendo o trecho  que liga o Distrito de Penha Longa, onde irá agregar os cavaleiros da região, e retornará para Chiador, assim, percorrerá as principais ruas do município. Logo após o percurso, será vendido um delicioso almoço e promovido um animado show com Zé Heleno e Roberto, no Clube Santa Cruz Esportivo.
Esse evento tem apoio de diversos patrocinadores, o qual conta com a organização do Lica de Anta e Amigos.

Desde já desejo que todos tenham uma magnífica, prazerosa e feliz participação nesse evento!

Foto: Ariane Guadelupe

© 2016 #vemprachiador por Ariane Guadelupe.

O 1° Desafio Chiador de MTB, está sendo criado por ciclistas locais, a fim de mostrar nossa cidade com seus belos trajetos em meio a natureza.

O município de Chiador esta localizado na zona da mata mineira e privilegiado com suas belas montanhas, segundo lar dos apaixonados por MTB, rodeado por montanhas, matas e cachoeiras, o pequeno municipio pacato vive em paz e com qualidade de vida, fazendo divisa com o Estado do Rio à apenas 13 km, divisa com a cidade fluminense Três Rios, cidade de fácil acesso, pavimentada com asfalto.

O 1° Desafio Chiador de MTB tem o intuito de promover o esporte, o lazer, a saúde, o bem estar social, o respeito ao meio ambiente e a ação social.

O 1° Desafio Chiador d MTB, vai ter seu trajeto todo na área rural de Chiador, passando pelas estradas de chão dentro do município, mostrando sítios, fazendas, cachoeiras, represa de furnas, muito contato com a natureza em meio as montanhas que o municipio tem o privilegio de ser localizado.( O trajeto vai ser postado no evento com a imagem do percurso, quilometragem, altimetria e etc.)

O 1° Desafio vai ser realizado no dia 31/07/16 (Domingo) largada às 09:00 horas, (lembrando que o chegada dos participantes mais cedo é essencial para dar tempo de fazer a inscrição com tempo). A largada vai sair da Praça Central de Chiador e a chegada na quadra poliesportiva ao lado da Praça.

A inscrição para o desafio vai ser local no dia do evento, sendo que a inscrição será grátis levando “2KG de alimentos não perecível”, o participante inscrito terá direito a café da manhã com frutas antes da largada, e no termino à uma barra de cereal e hidrotônico. Ao final da prova sera sorteado brindes aos participantes, e os primeiros 100 inscirtos ganharão uma medalha de participação do evento.

O evento contara com pontos de apoio aos ciclistas, sorteio de brindes, medalha de participação, playground para o publico, e será sorteado uma “BIKE ZERADA” para as crianças. Leve sua família para prestigiar o Evento.

OBS: Pensando na ação social, todo o alimento arrecadado nas inscrições será doado a uma instituição de caridade. Venha fazer parte desse evento BACANA.

O 1° Desafio Chiador de MTB vai ser TOP!!!

Organização: Pedro Marreta, Jardel, Marcelinho e Léo Alvim.

#vemprachiador

1° Desafio Chiador de MTB13569791_1062591003831839_1255548092_o